Se há coisa que eu gosto é grandes vidraças, por isso, cá em casa é coisa que não falta. Basicamente, as paredes que dão para o exterior do apartamento estão todas pejadas de vidro. Na sala e cozinha são as marquises, no quarto é a porta da varanda. Enfim, ADORO vidro... mas ODEIO limpa-lo!
Vai daí que é rara a vez que as janelas são limpas..se bem me lembra, neste tempo todo, acho que apenas levaram duas limpezas a sério..

Comecei a prestar atenção à técnica que o pessoal usa para lavar as montras das lojas e as vidraças do terminal da transtejo. Em vez de um spray limpa-vidros e um paninho e jornal para dar brilho no fim, usam um balde com agua e algum detergente qualquer, um pano, um rodo lava vidros, e aquilo fica impecável. Esfregam o vidro com o pano encharcado em água e detergente, e depois passam com aquilo e já está!

Decidi experimentar!

Depois de muito sondar, acabei por comprar um baratucho numa loja chinesa, não me fosse dar mal com aquilo e depois era dinheiro jogado à rua. Custou-me 75cents e valeu cada cêntimo. Não demorei mais de 10mn a lavar as vidraças do quarto. Depois experimentei no espelho da casa de banho e o resultado foi o mesmo. Fiquei impressionada, e declarei-o o melhor amigo das lides domésticas he he

Agora toca de procurar um mais pró he he
(no ikea há um porreirito, a ver se me agrada a borracha)


Há uns valentes meses atrás, reparamos que o sacana do autoclismo estava "roto". Perdia um fiozinho de água constante, que fazia com que voltasse a encher um bocadinho, sensivelmente de meia em meia hora. Se me perguntarem, o que eu digo é que muita coisa nestas obras foi a fugir. But then again, qual é o empreiteiro que não poupa onde pode só para deitar mais uns tostões ao bolso, sem se preocupar com a qualidade de trabalho?

Mas voltando à história do autoclismo avariado ao fim de pouco mais de um ano de uso..

Negligenciamos a situação durante uns tempos e a bóia acabou por avariar, de tal maneira que tínhamos que manter a torneira de segurança fechada.

Já se sabe que a malta cá da casa é apologista do "faça você mesmo", portanto fomos à loja do costume buscar o material necessário para substituir o autoclismo. Aquilo andou meio-esquecido cá por casa umas semanas até que ontem, decidimos finalmente monta-lo. Mas o que parecia uma tarefa simples (na embalagem dizia 15mn), revelou-se numa tarefa escabrosa.

Primeiro, era o mecanismo da bóia que não encaixava bem, porque quem montou a sanita, lembrou-se de usar um tubo metálico rígido à Luis XV, com fio de sisal e tudo, em vez de uma bicha flexível, qualquer diferença de comprimentos obrigava a serrar o tubo.
Nas instruções dizia que bastava enroscar o mecanismo de descarga na rosca antiga da sanita, mas acontece que a rosca afinal não era compatível, o que obrigou a desmontar novamente a bóia, para desmontar o reservatório na totalidade.
Depois a rosca que vinha no kit era um pouco mais larga que o buraco na loiça da sanita, e teve que ser limado.
Depois, montamos aquilo tudo outra vez, e decidimos fazer as coisas como deve ser e comprar uma bicha flexível em lugar de estar a usar alturas no mecanismo da boia para que fosse possível liga-la aquele tubo rígido. Como ao domingo à tarde não há lojas de bricolage para ninguém, aquilo ficou em standby mais um dia.
Hoje levou mais meia-horita, mas finalmente ficou a funcionar bem, sem perdas de água..e mais! Agora temos um autoclismo com descarga controlada, antes vazava por completo, algo que me irritou desde o primeiro dia que o usei.

Mas como nem tudo são rosas, a porcaria da bóia tinha que fazer uma chiadeira desgraça cada vez que está a encher..



Bem-vindo(a) ao site das obras de um andar com cerca de 40 anos que se revelaram um martirio. Todas as fases das ditas, deste o partir paredes até ao mobilar e habitar, com muito desespero pelo meio.
Enjoy!
Pesquisar
 
Utilidades
Por fazer
tags

todas as tags

Arquivos

Outubro 2007

Junho 2007

Novembro 2006

Setembro 2006

Novembro 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004